NOTÍCIAS

20/11/2011
COMÉRCIO : GOVERNADOR ANDRÉ GARANTE ATÉ DIA 30, ALÍQUOTA ZERO DO ICMS PARA VESTUÁRIO

André garante a Longen que define até dia 30 sobre alíquota zero para setor do vestuário

Durante reunião realizada ontem à noite (19/12) na Governadoria com o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o governador André Puccinelli assegurou que até o próximo dia 30 de dezembro vai anunciar uma posição sobre retornar com a alíquota zero de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) até 2015 para as indústrias do vestuário e têxtil.

Atualmente a alíquota de ICMS do segmento é de 0,6% (desconto de 95%), subindo para 1,2% (desconto de 90%) a partir de 2015, mas, os empresários reivindicam a manutenção da alíquota zero encerrada em 2010. “A exemplo do que foi feito em outros Estados do País, vamos aplicar em Mato Grosso do Sul as medidas que nos foram propostas pelo presidente Longen. Vamos estudar junto com a Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda) e anunciar nossa posição até dia 30 próximo”, afirmou o governador.

Ele acrescenta que o mundo inteiro está sofrendo um maremoto e no Brasil não é diferente. “Há uma competição fratricida entre todos os Estados e nós temos de entender que aqueles que são mais competitivos, ágeis e oferecem melhores oportunidades vão ser os mais procurados pelos empresários para investirem. Por isso, acolhemos as propostas do presidente da Fiems para colocá-las em apreciação da Sefaz”, reiterou.

Em setembro deste ano, o presidente do Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e Fiação de Mato Grosso do Sul), José Francisco Veloso Ribeiro, e empresários do segmento fizeram a reivindicação de ICMS zero até 2015 para que as empresas tenham fôlego para trabalhar e sejam mais competitivas com a entrada de produtos da China.

Outras propostas

Durante o encontro, o governador também garantiu a participação do Governo do Estado na Expo-MS Industrial 2012. O presidente da Fiems lembrou que a Feira já está consolidada como um dos maiores eventos da indústria do Centro-Oeste. “A nossa previsão é movimentar mais de R$ 150 milhões nos quatro dias da feira da indústria, o que significará um crescimento de 32% com relação aos R$ 114,5 milhões movimentados em 2010. Mais uma vez teremos um evento inteiramente dedicado à realização de negócios, ao apoio empresarial e ao fortalecimento da atividade”, disse.

“A Expo-MS Industrial, realizada tradicionalmente a cada dois anos pela Fiems, demonstra a força de Mato Grosso do Sul e o Governo do Estado não deixará de participar, pois a Fiems sempre mereceu todos os créditos nesse sentido, ainda mais agora na gestão do presidente Sérgio Longen”, pontuou André Puccinelli, referindo-se à feira da indústria programada para ser realizada de 22 a 25 de maio de 2012 no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande.

Ainda durante a reunião de ontem, o presidente da Fiems também solicitou ao governador apoio na implantação de uma Agência de Formação Profissional do Senai em Ivinhema. Na prática, a agência vai atender as demandas da indústria local dos segmentos de confecção, construção civil e sucroenergético, formando 200 técnicos no primeiro ano e qualificando mais de 700 pessoas no município.

André Puccinelli reforçou que o prefeito de Ivinhema, Renato Câmara, é dinâmico e que tem procurado ações em prol do desenvolvimento do seu município em parceria com a Fiems. “Nós faremos uma negociação com o presidente Sérgio Longen para que o Estado possa participar da reforma do prédio que vai abrigar a agência do Senai no município. Dessa forma, Fiems, Estado e Prefeitura estarão juntos no sentido de que todos os três possam contribuir para o progresso de Ivinhema e Mato Grosso do Sul”, declarou.

Com relação ao pedido do presidente da Fiems de pavimentar a Rua 20 de Dezembro, onde está localizada a sede do Senai em Dourados, o governador garantiu que vai atender o pleito. “Vou autorizar a aquisição do material necessário para o asfaltamento dessa rua”, assegurou. Também participaram da reunião a secretária estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria e do Turismo, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, e o diretor-corporativo da Fiems, Jaime Verruck.

Fonte: www.fiems.org.br