NOTÍCIAS

23/08/2018
Missão técnica de MS vai participar da maior feira da indústria têxtil das Américas

Um grupo de 15 empresários de Mato Grosso do Sul vai participar, a partir desta quinta-feira (23/08), em Blumenau (SC), da 16ª edição da Febratex (Feira Brasileira para a Indústria Têxtil), considerada a maior feira para a indústria têxtil das Américas. O evento, que prossegue até sábado (25/08) no Parque Vila Germânica, tem como foco a inovação tecnológica para o segmento e reunirá mais de 2,4 mil marcas, nacionais e internacionais, para intercâmbio de informações e realização de negócios.

Segundo o presidente do Sindivest/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário, Fiação e Tecelagem de Mato Grosso do Sul), José Francisco Veloso Ribeiro, a missão técnica integra as ações do projeto Moda MS, realizado em parceria com o Sebrae/MS e o Senai. “Essa é mais uma missão realizada pelo Sebrae, que tem apoio do Sindivest e Fiems, por meio do Senai. O foco é a busca de informações sobre as novidades do mercado, novos negócio e inovação e tecnologia para melhorar a competitividade das indústrias do vestuário no Estado”, afirmou. 

A consultora do CTV (Centro Tecnológico do Vestuário) do Senai Empresa, Hanna Viana, destacou que o evento, realizado a cada dois anos, vem nesta edição com foco na Indústria 4.0. “Os visitantes poderão conhecer o que há de mais moderno dentro desse segmento, como máquinas de corte automatizadas e serigrafia digital, além de palestras que vão ajudar os empresários a se atualizarem com relação a essas novidades, contribuindo para o desenvolvimento e a competitividade da indústria de Mato Grosso do Sul”, reforçou.

O analista técnico do Sebrae/MS, Alex Taveira, que também é gestor do projeto Moda MS, explicou que a missão foi organizada a partir de uma demanda do setor empresarial. “Essa é uma grande feira para a indústria têxtil e todos os anos os empresários nos buscam para participar da missão, que este ano conta com um grupo de tamanho razoável justamente para poder dar uma atenção maior a todos. É um momento de atualização com relação às novas tendências e também de gerar de novos negócios”, ressaltou. 

Na avaliação do empresário João Miguel Pinto Costa, da Jovem Uniformes, participar da Febratex é uma oportunidade de se atualizar sobre as mais recentes tendências. “Estou muito curioso com relação ao maquinário, conferir as novidades de lá e ver o que podemos trazer para Mato Grosso do Sul. Também é uma oportunidade de trocar experiências com empresários de outros Estados”, finalizou. 

Em 2018, a maior Febratex (Feira Brasileira para a Indústria Têxtil) chega a sua 16ª edição reforçando a importância da inovação tecnológica para o segmento. A expectativa é que durante o evento uma média de 90 mil compradores e visitantes, do Brasil e do exterior, circulem pelos cinco pavilhões da feira, para conferir os principais lançamentos, novas tecnologias, produtos, serviços, e também realizar bons negócios com as mais de 3 mil marcas apresentadas pelas empresas expositoras nacionais e internacionais, que geram o desenvolvimento e proporcionam o avanço tecnológico da cadeia produtiva têxtil no mundo.